quinta-feira, Fevereiro 12, 2009

Commedia no Imagens de Marca este Sábado no Sic Noticias


O programa da Sic Noticias, Imagens de Marca dedicado à publicidade, ao marketing e à comunicação fez 5 anos e nós estivemos lá. Acreditamos também na necessidade das marcas investirem de maneira contínua na sua inovação.

Este sábado, não perca o programa com imagens da festa e veja o que aprontamos por lá.








Grande noite no Santiago!! Obrigado a todos!

quinta-feira, Janeiro 22, 2009

Bom Ano!!

Olá a todos, antes de mais queremos desejar um Feliz 2009!! Como podem ver estaremos no Santiago Alquimista dia 6 de Fev. Apareçam!!

sexta-feira, Novembro 28, 2008

Serviços Noticiosos Nacionais!

Olá a todos, desculpem chatear-vos com isto, mas gostava de saber se sentiram o mesmo que eu!
Os nossos serviços noticiosos não têm mãos a medir para notícias de crise e desgraças, ontem nos últimos jornais nocturnos os pivots de informação nem sabiam por onde começar, pois as duvidas entre qual a notícia que causaria mais impacto, eram muitas… Se por um lado o massacre em Bombaim era importante, e uma situação preocupante para todos, especialmente para os indianos, o massacre na Grécia por 5-1 não deixou de ter o privilegio de abrir alguns jornais, é certo que talvez tenhamos no país mais benfiquistas que indianos, e até muito provavelmente todos os indianos que cá temos serão benfiquistas.
Outra das notícias, foi o assalto de uma dependência bancária do BPN, em Benfica (mais uma vez Benfica envolvido em desgraça) ora, esta notícia prova que realmente o nosso país não tem melhoras, quais são os letrados assaltantes que resolvem assaltar um banco mesmo sabendo que o próprio administrador do mesmo já o teria feito antes e sem se dar ao trabalho de se encapuzar.
Sugiro a todos aqueles que possam estar a ler este post e que tenham intenção de assaltar tais instituições, que assaltem um com dinheiro, como por exemplo… o… agora não me ocorre nenhum, mas liguem ao Dias Loureiro talvez ele saiba.

César Mourão

quarta-feira, Outubro 29, 2008

Experiência Trindade!





Olá a todos aqueles que possam estar a ler este post, ou mesmo até aqueles que por vias da crise deixaram de ter possibilidades monetárias para ter Internet…
Não queremos deixar de vos agradecer o facto de terem tido a coragem de comparecer no Teatro da Trindade, onde fizemos uma temporada bestial graças ao publico que conseguimos enganar, publico esse, que duvidamos que vá novamente, visto que na vida nunca ninguém cai duas vezes; Por esse facto, serve o presente post, para vos pedir desculpa pois não iremos ter esta oportunidade pessoalmente… Portanto, mesmo que se sintam tentados a cometer novo erro, e pensem comparecer (desta vez na sala principal do Trindade) no próximo mês de Novembro, falem com o vosso médico e peçam internamento, para além de vos fazer muito bem, o nosso sistema de saúde vai adorar, pois filas intermináveis por filas intermináveis mais vale num corredor de hospital do que à porta de um teatro para ver 3 fraquíssimos actores.
A sério pessoal, há coisas bem mais giras em Novembro, olha, Brandi Carlile por exemplo, dia 18 na aula magna, ou a sirene dos bombeiros voluntários da Parede tem mais luz e grita menos…

Pensem nisso…



César Mourão

quarta-feira, Outubro 22, 2008

Crónica da Trindade


Os Commedia a la Carte dispensam apresentações. Esgotaram durante quatro fins-de-semana a mais pequena sala do Teatro da Trindade, com um público sempre entusiasmado que encheu o espaço e nos fez subir ao palco principal.
Trabalhando com o improviso, conquistam a plateia e arrastam multidões. São o César Mourão, o Carlos M Cunha, o Ricardo Peres e o Sérgio Mourato, o sonoplasta sempre parte importante no espectáculo, dirigem-se ao público, acolhem-no de braços abertos e fazem com que nos sintamos no sofá da sala entre amigos da vida toda.
Jogam com as palavras, arrancam gargalhadas, são actores físicos e correm a maratona em palco. Como num relato de futebol, não descuram nenhuma jogada da plateia e os remates são sempre tiros certeiros.O que é, realmente, bom em Portugal tem adesão por parte do público. A prová-lo, a Trindade esgotada, a procura e a assistência da Volta a Portugal em Commedia. Esta comédia de improvisação é transversal, atinge certeira todas as esferas da sociedade. No teatro encontrámos desde clientes de empresas que assistiram aos Commedia em contexto corporativo, até ao público da Volta a Portugal que viu o espectáculo no verão, algures no país, e quis ver mais uma vez … uma infinidade de aplausos que vêm provar que o talento compensa.

Inês Castro